#2 – Três aspectos a alterar no Serras de Fafe

#2 – Três aspectos a alterar no Serras de Fafe

Foto: Facebook Armindo Araújo
Foto: Facebook Armindo Araújo

A última edição do Rallye Serras de Fafe, que acolheu o concelho de Felgueiras com dois troços (Seixoso e Sta. Quitéria), foi tradicionalmente boa. Contudo, uma vez que já acompanho o evento à já alguns anos, observei alguns aspectos que deveriam ser melhorados ou revistos. Já lá vamos!

Este formato de provas a 2 dias (sexta e sábado) foi aplicado em 2015 aquando da dupla passagem pelo Confurco no primeiro dia. Durante dois anos mantêve-se este formato. Em 2017 introduziram a dupla passagem pela Fafe Street Stage, revelando-se um tremendo fiasco face aos longos períodos de espera (tanto pelo público como pelos participantes) e só em 2020 surgiu a consciente alteração para uma Street Stage única, sem invenções na Ordem de Partida, não sendo benéfica (uma vez mais) para os concorrentes da retaguarda, no Regional.

As minhas “dicas” para uma atualização na prova:

– Os horários

Considero fundamental esta alteração. De facto, se analisarmos os últimos anos da prova, a aposta nas classificativas noturnas não beneficia o comércio local, a assistência e até alguns concorrentes.

Uma vez que o comércio local encerra maioritariamente pelas 19 ou 20h, realizar uma Street Stage noturna parece-me pouco rentável. Claro está que o comércio relaciona-se diretamente com a assistência e o público deve ser “motivado” e “cativado” para uma adesão massiva nos eventos de desporto motorizado. Assim, quem não gosta deste tipo de eventos não teria a necessidade de perder algumas horas de descanso (porque estas especiais alongam-se pela madrugada fora) e os concorrentes da retaguarda aumentariam a assistência necessária para o retorno dos seus patrocínios…

– O esquema das PEC’s

Este é um dos “problemas” comuns no Campeonato Português de Ralis e em Fafe não foi excepção. Relacionado também com a questão da Street Stage, poderíamos assistir, novamente, a uma ou duas passagens noturnas pelo Confurco para substituir a Street Stage, por exemplo.

E se o Rallye Serras de Fafe / Felgueiras terminasse com uma Street Stage diurna, e logo de seguida o pódio na parte superior da Arcada (Fafe)?! Fica a dica…

– O Pódio

Foto: Facebook Armindo Araújo
Foto: Facebook Armindo Araújo

No meu ponto de vista este é um dos aspectos que merece mais atenção na sua preparação do que aparentemente lhe atribuíram nas últimas edições.

Um evento tão importante como este, o arranque do Campeonato Português de Ralis, do Iberian Rally Trophy e até (fala-se) de interesses europeus, não pode desleixar-se com a sua imagem. Fafe, por si só, é já uma marca conceituada no ceio dos ralis. Como tal, defendo a importância de um pódio ao nível das grandes provas internacionais.

Remover a grade frontal, melhorar a iluminação e até mesmo o local do pódio seriam as alterações mais urgentes, no meu ponto de vista.

Recordem-se que grande parte dos destaques da imprensa nacional/estrangeira sobre o evento apresentam fotos do pódio da prova com toda a sua envolvência, festejos, multidão, patrocinadores, etc…

Obrigado pela vossa leitura. Cuidem-se!

Partilha este post em:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *